LOKOMOTIV nos Serões da Primavera

Durante este mês, os Serões da Primavera estão de regresso à Casa do Povo de Sto Estevão. No dia 11 de maio, aqueles que para muitos são, os maiores músicos do jazz nacional, sobem ao palco na Casa do Povo de Sto Estevão, para um concerto comemorativo dos seus 20 anos de LOKOMOTIV.

Uma parte importante da actividade profissional de Carlos Barretto, está ligada à formação LOKOMOTIV, ao longo de 20 anos, com Mário Delgado e José Salgueiro e seis registos discográficos.

Os Lokomotiv têm-se destacado pela sua enorme flexibilidade estética, interessados apenas em praticar um jazz que tenha tudo a ver com o nosso tempo. Barretto, Delgado e Salgueiro há muito que vêm revelando um grande leque de interesses musicais que cobrem tendências como o rock, o jazz, as músicas do mundo e a clássica, situando-se entre os expoentes portugueses de um ecletismo que é bem a marca deste início de século.”

Trio firmado desde 1997  na vanguarda do Jazz português, surge com o primeiro disco em 1998 “Suite da Terra” (BAB/Dargil), apostado em explorar a fusão entre melodias e ritmos de raiz tradicional portuguesa e a música improvisada, assim como elementos do “rock” e sabores africanos ou orientais. Confirmada a “portugalidade” que o colocou no primeiro plano do Jazz nacional, o seu trabalho evoluiria para uma linguagem mais universal e próxima das novas correntes europeias da música improvisada, registo que marca o segundo título discográfico – “Silêncios” (Foco Musical) – considerado pela crítica como um dos melhores discos de Jazz de 2000. A crescente actividade do trio levaria a música de Carlos Barretto aos auditórios e Festivais de Jazz de todo o país e a muitos outros destinos, com presenças assinaladas em Espanha, Andorra, França, Alemanha, Suíça, Holanda, Argentina, Angola e Cabo Verde. O ano de 2001 marca o relançamento do grupo no plano internacional, com actuações na Grécia, Reino Unido, China, Bélgica, Itália e Finlândia. Em 2002, o ininterrupto trabalho do Trio dá origem a um novo trabalho editado- “Radio Song” - para editora portuguesa de destaque internacional - Clean Feed Records – e também “LOKOMOTIV” em 2003.

Após sete anos de estrada pelo mundo fora é então gravado o último disco do trio, “Labirintos”, resultado do cruzamento intelectual e criativo destes artistas. Carlos Barretto voltou a assinar composições e a direcção musical de um trabalho, que tem merecido elogios da crítica especializada nacional e internacional.

 

 

 

 

 

Segue-nos